quarta-feira, 13 de junho de 2018

Blog do Tear Entrevista Seo Alcino


                                                      
Alcino Ferreira da Cruz, nascido 24 abril de 1947.
Morador do Parque Universitário em Campinas  e frequentador do Tear.
Faz parte do conselho do Tear das Artes.
Seu pai chamava Daniel Ferreira da Cruz e sua mãe Senhorinha Ferreira da Silva.

Foi crescendo e ajudava seu pai na roça e na lavoura em Itacambira (MG) e quando começou a entender as coisas veio para São Paulo.
Ele plantava com seu pai. Ele tinha que viajar 3 dias para vender as "coisa na cidade".
Como arroz, feijão, rapadura, laranja, frango e "quais de tudo"e para se alimentar durantes estes dias, ele fazia fogueira em trempe, para poder esquentar seus alimento. Na roça como não tinha nada para se distrair ele começou a cantar e fez uma dupla com seu amigo e com a música começou a chamar a atenção das moças.
Apesar de não ter muito estudo ele aprendeu a tocar  sozinho com um cavaquinho, que sua mãe tinha comprado, depois aprendeu com violão e pandeiro.
Para ir nos bailes não era fácil, pois, tinha que atravessar um rio e, para não molhar a roupa toda, ele amarrava na cabeça.
Conheceu na juventude o cantor Sergio Reis e Paulo Sergio, do qual ganhou um relógio, quando fazia suas apresentações em folia de Reis e festas juninas. 
Ele também entrou numa banda, a Banda Sem Problema.  Uma banda que era formada com um pedreiro seu amigo. Mas esta banda tinha um ritmo de música diferente, aonde tocava só pagode, músicas de outros cantores.
No entanto, muitas vezes o dinheiro que ganhava ficava tudo no bar mesmo, pois, eram um grupo bem boêmio que tocava e também chegou a tocar na Radio Cultura de São Paulo.
Teve que sair da banda, porque sua esposa não gostava. Porque quando ia tocar na banda, tinha que viajar e deixava a mesma sozinha. Entretanto, a sua vida mudou depois da morte da sua esposa, pois, sua esposa era muito importante para ele. Foi uma perda muito triste e difícil de "superá".
 Alcino é de uma família de 8 irmãos, mas 2 já falecidos. 
Há 2 anos atrás ficou muito doente, ficou muito tempo internado no hospital, ficou bem mal mesmo. Foi nessa época que ele conheceu Natália Gil, psicóloga que trabalhou no CS Vista Alegre, e ela começou a atendê-lo em casa, fazendo visitas e o acompanhou até que ele melhorasse. "Até hoje sou muito grato a ela, pois, ela me ajudou muito". Até hoje ela está na memória de Alcino por tudo que ela fez por ele e pela família. Ela lhe deu de presente um rádio que tem até hoje. Hoje ela foi embora para São Paulo pra trabalhar. "Até hoje espero ela aparecer por aí". 
"Natália é um desses profissionais que trabalham por amor e não só pela necessidade do dinheiro, vai ficar pra sempre na nossa memória e coração", completou Eva Ferreira, irmã do Seo Alcino.


Equipe Tudo Acontece























quarta-feira, 30 de maio de 2018

Do Sucesso ao Ostracismo




Estamos aproveitando para falar de um personagem importante, que marcou a história de muitos brasileiros. O radialista e repórter de TV Gil Gomes.
Um radialista que marcou muito a historia do jornalismo brasileiro pelo seu estilo de voz diferente,
que trabalhou na Radio Tupi, na Rádio Bandeirantes e trabalhou também no SBT. No programa AQUI AGORA.
Gil Gomes trabalhou em seus programas com muito artistas importantes, podemos citar alguns como:
Jacinto Figueira Jurnior ( O homem do sapato branco) e Vagner Montes.
Gil Gomes fez uma forma de jornalismo diferente, mas que agradava seus ouvintes, pelo seus estilo de comunicação. a sua voz diferenciada, que agradava seus ouvintes, no entanto ele está fora da mídia, desde 2005. 
Hoje ele se encontra doente, com Mal de Parkinson .
Também não podemos esquecer muito outros artista como Evaldo Braga, que fez muito sucesso com a música, SORRIA MEU BEM e o cantor Salgadinho do Katinguelê que ficou famoso e recebeu este apelido devido ser vendedor de salgado.
Infelizmente nossos grandes ídolos são esquecido pela a mídia. 

Blog do Tear 30/05/2018





quarta-feira, 23 de maio de 2018

Para Refletir

"Viver é fácil, difícil é para os fracos de espírito"
Cícero Lopes

18 de maio: ato reúne centenas de pessoas no Dia da Luta Antimanicomial em Campinas

                                          
No dia 18 de maio de 2018 pelo menos cerca de 200 pessoas estiveram participando de ato organizado pelo Movimento da Luta Antimanicomial de Campinas no Largo do Rosário no Centro de Campinas.  O dia 18 no Brasil marca o Dia da Luta Antimanicomial, que esse ano completa 30 anos. A importância dessa data tem a ver com as conquistas que o Movimento de Luta Antimanicomial obteve nos 30 anos dentro da Reforma Psiquiátrica Brasileira e do Sistema Único de Saúde (SUS). Estavam participando do ato usuários (as) e familiares de usuários (as) dos serviços de saúde mental, profissionais de saúde, estudantes, militantes, vereadores, jornalistas e autoridades. Os membros do Blog do Tear também estiveram presentes. Ao longo da história a Luta Antimanicomial colaborou no processo de mudança da forma de tratamento em saúde mental no país. Antigamente a única maneira das pessoas terem tratamento era nos Hospitais Psiquiátricos ou Manicômios. Infelizmente muitas pessoas sofreram maus tratos, violência e abandono dentro destas instituições. Muitas também morreram. Hoje em dia a diferença é que as pessoas podem ter seu tratamento perto de suas casas em serviços como os Postos de Saúde, CAPS, Centros de Convivência, Projetos e Serviços de Geração de Renda, Hospitais Gerais, Pronto-Socorro e tem também, pessoas que fazem suas atividades e voltam para casa e quando necessitam tem o direito de ficar em observação ou internadas.

Hoje em dia a Luta Antimanicomial continua existindo e as suas reivindicações foram se transformando conforme os serviços foram sendo criados. O movimento então hoje luta pela manutenção e aumento dos investimentos para os serviços de saúde mental, o combate ao preconceito contra as pessoas com transtornos mentais, mais oportunidades de trabalho e inclusão para essa população. Por isso o Movimento foi as Ruas entendendo esse como seu refúgio para chamar atenção da população e das autoridades que nós mesmos colocamos com nosso voto.
Colocamos abaixo algumas reivindicações e problemas existentes na cidade: 
  1. Existem serviços na cidade com equipe contratada mas que não tem prédio para trabalhar e atender as pessoas, é o caso do CAPS AD Sudoeste que há quase 4 anos passa por essa situação e nada! Falta na cidade muitos profissionais para os serviços de saúde mental, tem atividades e atendimentos parados por causa disso. 
  2. A situação dos Hospitais e Pronto Socorros da cidade é de calamidade muitas vezes as pessoas tem que esperar de 7 a 8 horas para começarem a ser atendidas. Hoje falta ambulâncias do SAMU para atender os casos de emergência nos bairros, deveria ter se possível pelo menos 2 a 3 ambulâncias por região da cidade. 
  3. Muitos prédios dos serviços de saúde mental estão abandonados ou em condições muito precárias como é o caso do antigo prédio do CAPS Integração que fica na região noroeste da cidade, na Vila Castelo Branco, que ainda hoje se encontra abandonado após problemas de infraestrutura que até hoje permanecem ser ser consertados. Na cidade há falta de medicações básicas e específicas para o tratamento em saúde mental, muitas pessoas infelizmente já pioraram ou entraram em crise novamente depois que tiveram seu tratamento interrompido por falta do remédio. 
  4. Atualmente falta alimentação devido a corte que foi feito na cidade para pessoas que tem que permanecer nos serviços em observação durante o dia. 
  5. Faltam materiais e ferramentas para realização das atividades terapêuticas e oficinas o que em alguns casos faz com que elas precisem parar. 
  6. Muitos usuários que tem direito a passe de ônibus para fazer seu tratamento tem perdido esse benefício devido a corte que a prefeitura municipal tem feito e retirado o benefício dessas pessoas. 
  7. O Atual Governo Federal e Ministro da Saúde quer trazer de volta os Manicômios após aprovar a volta do finaciamento para a abertura de novos hospitais psiquiátricos.
Por isso a Luta continua companheiras e companheiros! 
Seguimos lutando hoje sempre "Por uma Sociedade Sem Manicômios"!

Colocamos aqui em baixo algumas matérias feitas por jornalistas e jornais eletrônicos de Campinas sobre o ato realizado no dia 18 de maio para quem quiser se informar melhor:






Confira abaixo mais fotos do 18 de maio:

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Eleições para Presidente


Nesta eleição, como sempre, estamos preocupados e por isso realizamos debate. Entendemos que a maior parte dos candidatos não dá para confiar, pois dos candidatos que estão na disputa,
muitos não se pode esperar nada, segue abaixo as nossa reflexões:
- Pois numa forma em geral, sem exceção, num campanha presidencial. É preciso um gasto milionário aonde os candidatos recebem ajuda financeira das grandes empresas e multinacionais. e quando são eleitos, mesmo que eles querem trabalhar em favor do povo, eles não poderão, pois, receberam dinheiros dos empresários e terão que fazer um política a favor deles.(Rivaldo)
- Entre  todos os candidatos, o melhor é este que está preso, pois fez coisa para os pobres e o Brasil. Acabando, inclusive, com a dívida externa. Dos piores o menos pior é o Lula (Cícero)
- Como será a candidatura de um candidato que foi preso injustamente. aonde se percebe que a sua prisão, foi um modo de evitar a sua vitória na eleição. pois a sua vitória era certa nesta eleição. pois foi um presidente bom , que no seu governo o povo teve acesso a uma alimentação digna, aonde antes, o povo comia carne uma fez só na semana (Eva).
- Tinha que ter um presidente . que olhasse para as pessoas da saúde mentais. Para começar uma lei, que ajudasse a pagar o benefício do povo da saúde mental e que não vetasse, daqueles que estão recebendo. (Osvaldo).
- Eu sou petista. e no meu de todos estes candidatos, eu acredito no Lula, (Alcino)
- De todos  os candidatos. na minha opinião. os que mais apresenta uma proposta para o povo, é o Lula, se por ventura ele não consegui se candidatar . eu vou votar em Sírio Gomes. pois espero que povo brasileiro não cometa o mesmo erro , que cometeram com a presidente Dilma.(Nilton).
- Sobre os candidatos a presidência o Lula deve ter o direito de concorrer a esta eleição. eu concordo com o nosso colega Nilton, pois, o Lula é uns dos candidatos que estão com proposta interessante. Antes de falar dos candidatos, eu que fazer uma manifestação, eu tenho medo que não temos eleição no fim de ano ,e que não seja respeitado o direito do povo votar. E que não seja manipulado resultado desta eleição, pois, a  prisão do Lula, foi uma manipulação para ele não poder concorrer e está bem claro que não querem deixar ele concorrer, tendo vista muito candidatura interessante, mais este ano em especial ,o que representaria, bem o povo seria o Ciro gomes, o Guilherme Boulos, do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto e a Manoela D´ávila, ela é uma pessoa que está muito presente nos movimentos sociais. Eu não dou muito Ibope ao Jair Bolsonaro e Geraldo Alckmim, pois, este último, ele não atende as reivindicações dos professores e Geraldo Alckmim não resolver os problemas dos hospitais e da política pública. O Jair Bolsonaro, não tem nenhuma proposta, além de ameaçar muitas mulheres e ser  os homossexuais. Neste momento a maior importância .é nós manter o nosso direito de votar, eles estão impondo sobre a população brasileira, um regime de tortura. com políticas que a cada dia . tira o direito do povo (Rodrigo).


Para encerrar deixamos uma reflexão do nosso companheiro Cícero Lopes:
"Ninguém presta atenção em nós, ninguém nos ouve, e muito menos, respeito nosso voto."

terça-feira, 8 de maio de 2018

Sobre as doenças físicas e o preconceito no atendimento

Hoje fomos surpreendidos com a notícia de que uma familiar de um dos membros do nosso Blog está com uma suspeita de estar com um problema grave de saúde, a Leucemia. Para quem não sabe, como nós que tivemos que pesquisar, a Leucemia é um cancer que começa na medula óssea, onde as células sanguíneas são produzidas. Os leucócitos (glóbulos brancos) são as células acometidas, o que faz com que  se reproduzam descontroladamente, gerando sintomas e sinais da doença (https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-leucemia-tipos-sintomas-tratamento-tem-cura/#tratamento-para-leucemia). Portanto, estamos muito preocupados com ela. Conversamos sobre como é ter um problema de saúde física e como é passar por isso. Muitas pessoas do nosso Blog já sofreram por isso. Doenças como a Pancreatite e a Gastrite são as que mais afetaram pessoas do nosso grupo. Um problema que percebemos é muitas vezes a dificuldade dos profissionais de saúde descobrirem o que a gente tem. Inclusive um dos membros do nosso Blog se mudou da cidade de
São Paulo para Campinas em busca de tratamento. Entendemos que nosso corpo é como um carro e, portanto, precisamos fazer manutenção constante. Alimentação, ingestão de água e outros líquidos são fundamentais para manter nossa saúde. Quando a gente está doente é muito ruim porque temos que fazer exames e procedimentos incômodos, o que nos deixa muito mal. 
Já aconteceu de pessoas do grupo passarem por situações desagradáveis quando foram buscar tratamento, pois, foi lhes negado atendimento. No caso de um dos nossos membros que era usuário de álcool, por várias vezes profissionais de saúde não o atenderam ou ridicularizaram-no pelo fato de ter tido problemas de saúde em decorrência do uso de bebida alcoólica e também por ser negro. O que nos deixou extremamente indignados, é um descaso!
Inclusive, pessoas do grupo que são usuários de saúde mental já passaram por isso. Um membro do grupo contou a história de um amigo que tem esquizofrenia e frequenta um CAPS na cidade que em certa ocasião procurou atendimento no Pronto Socorro com dores nos estômago e diarreia e como resposta foi informado a ele que o seu problema era de saúde mental e que ele deveria procurar o CAPS.
Entendemos por nossa discussão que todas as pessoas tem que ser atendidas de forma digna e respeitosa quando estão com problemas de saúde. Não aceitamos o fato das pessoas serem tratadas com preconceito e de forma humilhante devido ao seu tipo de problema de saúde, sua origem social e sua raça. Remédios para isso? Difícil, mas cremos que quanto mais empoderados formos, no sentido de exigir nosso direito, mais vamos conseguir denunciar essas situações para que não ocorram e menos possibilidades temos de passar por isso.





Para Refletir

O Blog do Tear inaugura aqui uma nova sessão, de autoria de nosso membro Cícero Lopes, nesse espaço ele compartilhará com vocês frases, reflexões, pensamentos e atividades políticas que ele tem realizado enquanto Conselheiro do Tear das Artes e da Casa de Cultura Andorinhas.
Boa leitura!

Cícero Lopes
"Ninguém presta atenção em nós, ninguém nos ouve e muito menos respeita o nosso voto!"