segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Palavras de um pensador




Dentro de todas as andanças que tive, todas me serviram para ver um mundo que me adaptaria. De  todos os exemplos conheci uma garota que um certo dia narrou algo  que me fez pensar muito.

Quem é perdoado é quem está errado, porque o certo recebe o digno.
As ostras têm um corpo mole, protegido dentro de uma concha altamente calcificada, fechada por fortes músculos adutores. As guelras filtram o plâncton da água.A ostra tem uma forma curiosa de se defender. Quando um parasita invade seu corpo, ela libera uma substância chamada madrepérola, que se cristaliza sobre o invasor impedindo-o de se reproduzir. Depois de cerca de três anos esse material vira uma pérola. Sua forma depende do formato do invasor e sua cor varia de acordo com a saúde da ostra.

E lá está uma jóia, pois quem nunca sofreu para sentir a jóia no seu interior.

Treinamento para viver.


Vilson CP