Quem sou eu

Minha foto
Centro de Convivência e Cooperação TEAR DAS ARTES, há 12 anos tecendo cidadania... O CeCCo Tear das Artes é um espaço público que tem por objetivo favorecer a convivência pacífica entre os diferentes (que somos todos nós!), por aqui circulam, crianças e adultos, homens e mulheres, adolescentes e idosos, com suas possibilidades: sofrimento psicossocial e mental, histórias, sonhos, tristezas, saberes, alegrias, num encontro que se faz no cotidiano e que permita as pessoas estarem na vida, num local acolhedor e agregador das diferenças de raça, credo, idade, sexo, modos de estar no mundo. De tal forma, que possamos construir de maneira solidária enfrentamentos para as adversidades atuais, como a violência, a exclusão, o desemprego, a depressão, a solidão, estimulando espaços de geração de renda, criando coletivamente um novo jeito de fazer saúde, arte e lazer. Venha nos conhecer! Venha ensinar! Venha aprender! Venha trocar! Esperamos por você... Nossos telefones são: 32665656/ 32668006. Nosso funcionamento é de 2° feira a 6° feira das 8hs às 17hs. Nosso Endereço é: Rua Benedito Roberto Barbosa, número 11. Parque Universitário - Campinas (SP).

quarta-feira, 21 de março de 2012

Poema Mulher Adélia Prado



Quando nasci um anjo esbelto,
desses que tocam trombeta, anunciou:
vai carregar bandeira.
Cargo muito pesado pra mulher,
esta espécie ainda envergonhada.
Aceito os subterfúgios que me cabem,
sem precisar mentir.
Não sou feia que não possa casar,
acho o Rio de Janeiro uma beleza e
ora sim, ora não, creio em parto sem dor.
Mas o que sinto escrevo. Cumpro a sina.
Inauguro linhagens, fundo reinos
dor não é amargura.
Minha tristeza não tem pedigree,
já a minha vontade de alegria,
sua raiz vai ao meu mil avô.
Vai ser coxo na vida é maldição pra homem.
Mulher é desdobrável. Eu sou.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.