segunda-feira, 16 de agosto de 2010

O dia da tia

     Oi Ana Maria Braga, eu acho que sou sua sobrinha Isabela Alves e acho que você é minha tia Isabel, filha de Gregório Fonseca de Neves.
     Meus avós eram de Minas Gerais e vovô Bruno também.
     Tia, eu quero mandar aquele abraço.
     Eu faço tratamento aqui em Campinas no Caps David Capistrano, Rua Salomão Gebara, 136, Jardim Vista Alegre próximo ao Parque Universitário.
     Tia, eu moro no bairro Jardim Uruguai e conheço também Helena Pignati Rissi, seu Pedro Rissi, Edson Rissi, Darlene Rissi e Dirley Pignati Rissi. Eles eram de Maringá, estado do Paraná.
     Eu trabalhava como doméstica na casa deles e também acho que são meus tios. Lembro que eles me deram um dinheiro, eram 300 cruzeiros na época do cruzeiro e eu comprei um chapéu pro meu pai Manoel.
     Tia, agora, as comidas, os doces, os bolos e etc. que a tia faz é uma das delícia mais gostosas do Brasil.
     Eu quero te conhecer muito tia Ana Maria Braga, eu trabalhei no Paraná, morava em Iguatemi, e a tia foi me buscar para eu ir trabalhar em Maringá na sua casa.
     Tia, eu falo da tia Helena, eu tinha 10 anos quando fui trabalhar aí com vocês.
     A tia morava na zona 5 de Maringá e na casa da tia tinha dependências de empregada.
     A tia deu um rádio para eu ouvir música.
     Um dia eu estava passando nossa roupa e eu estava ouvindo o rádio e o rádio estava chiando, eu entendi de trocar a faixa do rádio, aí, o Edson que estava arrumando o pneu e outras peças da bicicleta, lascou a chave de fenda no meu bumbum, doeu e eu saí pelo portão afora gritando.
     Meus cabelos eram longos.
     A patroa que agora eu acho ser tia minha, cortou o meu cabelo a lá homem.
     Termino com beijos, de uma que nunca te esquece.
     Abraço.

     Isabeli Alves de Araújo

    P.S.

    Tenho um filho com o Zezé de Camargo, mas estou dividida com o Luis Fernando Rissi.
 
     Obrigado
  
     Isabeli